Cidades

Dono de sítio não é laranja de Lula, afirma defesa

LULA - OCULOSO o advogado Alberto Zacharias Toron, que representa Fernando Bittar, informou que o empresário vai afirmar à força-tarefa da Operação Lava Jato que não serviu como “laranja” para a compra do sítio em Atibaia (SP) que é usado pela família do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Segundo o jornal ‘Folha de S. Paulo’, a propriedade está registrada em nome de Bittar, que é filho de Jacó Bittar, amigo de Lula e fundador do PT, e do empresário Jonas Leite Suassuna Filho. Fernando Bittar e Suassuna são sócios do filho mais velho de Lula, Fábio Luís, o Lulinha.

Leia mais

Briga no BBB na noite desta sexta teve gritaria e dedo na cara

Sem brilho, Bahia bate Flamengo de Guanambi na Arena Fonte NovaSTF nega pedido do

Estado da Bahia contra aumento de salário de servidores da Assembleia

Bittar agendou para esta semana o depoimento às autoridades da Lava Jato em Curitiba. De acordo com Toron, o empresário está disposto a colaborar com as apurações.

Ainda segundo a publicação, o criminalista diz que no depoimento Bittar irá “dissipar equívocos e mostrar claramente que ele e seu sócio Jonas são os verdadeiros proprietários do sítio”. “Vamos mostrar provas e documentos”, completa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar