BrasilGeral

Donald Trump quer anular 66 milhões de votos enviados via correio

Atrás na corrida sucessórias segundo as pesquisas, o presidente Donald Trump pretende pedir a anulação dos votos enviados via correios, modalidade prevista no sistema elitoral dos Estados Unidos. As informações são do colunista Kenedy Alencar, do UOL.

A votação presencial ocorre nesta terça-feira (3). Até aqui, 95 milhões de norte-americanos votaram antecipadamente – 62 milhões enviados pelos correios e 33 milhões compareceram antecipadamente para votar. Neste último grupo estão o próprio Trump e o seu principal oponente, o democrata Joe Biden.

Nos bastidores, o candidato a reeleição cogita auto-proclamar-se vencedor nesta terça. Caso o resultado homologado seja diverso, Trump vai mirar nos votos enviados pelos Correios.

Biden já reagiu à estratégia republicana. “O presidente não vai roubar a eleição”, atacou. Segundo as pesquisas, o eleitor republicano tende a majoritariamente ir às urnas nesta terça, enquanto a modalidade à distância é a preferida por democratas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo