AmargosaMutuípeSlide

“Dona Pomba” completa 100 anos e é homenageada com hino a Amargosa

Natural da região do Tabuleiro dos coelhos em Amargosa-Bahia, Dona Francisca da Cruz, conhecida em Mutuípe por Dona Pomba, completou seus 100 anos neste sábado(20/06).

Filha de agricultores de café, Dona Pomba foi batizada na antiga capela de Nossa Senhora do Bom Conselho da Praça do Cristo, e teve por padrinho, o Sr. Supriano (Avô do Padre Almiro Rezende).

Com a crise do café na década de 30, a família de oito irmãos migrou para o sul da Bahia, enquanto ela e seus pais vieram para região do capim em Mutuípe.

Seu apelido de “Pomba” lhe foi dado por sua mãe ainda na infância, e curiosamente lembra a história de sua cidade natal, que comemorou 129 anos de emancipação politica na ultima sexta-feira (19/06).

Segundo a tradição, a cidade de Amargosa tem esse nome, a partir de uma referencia de caçadores que diziam “Vamos as Amargosas!”, local de abundância de pombas, cuja carne tinha sabor amargo, e sobre isso Dona Pomba sempre fala:


“Meu nome é Pomba, sou de Amargosa, mas não sou amarga!”

Para lhe homenagear, seu neto Luiz Assunção, apresentou um hino em homenagem a Amargosa inspirado em sua avó, já que por recomendações da pandemia, os parentes e amigos não poderão se reunir para celebrar o centenário de Dona Pomba.


HINO A AMARGOSA – 100 ANOS DE D. FRANCISCA.

Letra e Música: Luiz Assunção.
Voz: Valney José.

1- Sob a luz de estrelas verdes/Caçadores, novo éden/Entre o vale e o sertão/Tua bandeira sempre livre.

Ref.: Amargosa, ave bela!
Teus filhos sabem voar!
Doce mãe, fecunda terra!
Glória eterna:Amargosar!

2- Pomba em teu ninho me formas/O Sol da França em teu sabor/Catedral que o céu alcança/Teu farol é o Redentor!

3- Na estação abraça o mundo/O bosque é teu coração/Ontem, hoje é sempre junho/Bendito o fruto do teu chão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar