COVID-19

Distanciamento social tem dado certo na Bahia, diz médico

População baiana começa a entender a importância de ficar em casa.

Diversos municípios da Bahia decretaram medidas de contenção ao novo coronavírus, alguns fecharam divisas, muitos suspenderam a atividade comercial, as aulas foram suspensas na rede pública municipal, estadual e privada.

Tais medidas tem sido consideradas exagero por parte da população, principalmente diante do impacto econômico, mas prevendo o cenário sombrio da pandemia, a máxima que tem prevalecido é: “é melhor pecar pelo excesso”.

Em entrevista a rádio Metrópole, o médico infectologista, Roberto Badaró, reconhece: “A Bahia registou 34 casos. O distanciamento social começa a ter efeito. As pessoas estão obedientes e a cidade está vazia”, disse ele, na manhã deste sábado (21), e seguiu alertando: “a doença no Brasil não atingiu a fase crítica. Distanciamento social é a única forma de desacelerar a doença”.

Na noite de sábado, o estado contabilizou 41 casos confirmadas de COVID-19 e quase 1 mil suspeitas, em todo o Brasil são 1128 casos, 18 mortes confirmadas pelo Ministério da Saúde, e milhares de suspeitas, São Paulo é o estado mais crítico. Em todo o mundo o número de mortes já passa de 13 mil, o isolamento já ocorre para 1 bilhão de pessoas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo