Entretenimento

Dez Motivos para assistir à novela “Os Dez Mandamentos”

OS DEZ MANDAMENTOS1. Você não precisa ser religioso para se identificar com a história. O enredo é sobre o clássico embate oprimido x opressor. Poderia se passar numa fazenda ou numa senzala. O importante é que o bem vença.
2. A saga já foi contada em Technicolor por Cecil B. DeMille (com Charlton Heston como Moisés) e virou desenho na mão da Disney. Por que nós, brasileiros, não poderíamos dar nossa versão?
3. Vivian Oliveira, a autora, conseguiu criar subtramas que transformaram uma história batida em algo novo. Tem marido que pula a cerca, romance entre galã e mocinha, vilão odiento – tudo que uma novela precisa para segurar o público laico.
4. Os atores falam com sotaque carregado e você tem a impressão que está assistindo a uma série traduzida por algum estúdio de dublagem carioca. “Ih, Ramséish, sinishtro, ó aí!”
5. A nobreza egípcia é toda chiliquenta. Quanto mais nobre, mais chiliquento. O faraó é um espetáculo: qualquer coisa é motivo para ele ter um faniquito.
6. Sim, tem muitos atores bons, mas o melhor mesmo são os canastrões. Rola uma “Escola Cigano Igor de Interpretação” entre as pirâmides.
7. Os mocinhos da novela (porque tem mais de um) parecem saídos diretamente de uma trama do Carlos Lombardi. Alguns deles ainda não descobriram o significado da expressão “cobrir o torso”.
8. A voz de Deus é dublada ao estilo Cid Moreira com um português digno do Professor Pasquale.
9. Os efeitos especiais são engraçados (só quero ver na hora de abrir o Mar Vermelho).
10. E ainda vai ter as dez pragas, que é quando a chapa esquenta de verdade. Aí, não tem “Babilônia” que aguente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo