Geral

Desaparecimento de Ramiro Campelo completa 50h, esposa comenta o caso

Já se passaram 50h desde que a família notou o desaparecimento de Ramiro Campelo de Queiroz, ex-prefeito de Valença e fundador das Lojas Guaibim.

A esposa do empresário, D. Solange, comentou o caso e pediu orações neste sábado (20), “Quero deixar neste momento uma palavra de gratidão a vocês que se pronunciaram e ainda em alguns momentos estão a perguntar a respeito do acontecimento ocorrido na manhã do dia 18 /01 com o meu esposo Ramiro. Estamos sim, sem notícias a espera de um sinal. Aqueles que estão juntos compartilhando esse momento conosco, com orações, continuem, porque a união faz a força que gera uma corrente de  Luz e Energia positiva é isso que precisamos nesse exato momento. Está sendo muito difícil e angustiante para mim e meus filhos, mas creio no Deus que ama, que ampara e que não abandona os seus filhos”. Declarou ela em um grupo no WhatsApp.

Ramiro foi levado por três homens em um veículo HB20, na manhã de quinta-feira (veja aqui), após o desaparecimento, a imprensa foi informada que o caso passou a ser investigado pelo Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado. Antes de levá-lo os sequestradores permitiram que ele pegasse os medicamentos de uso controlado.

Ainda na tarde de quinta-feira (18), a informação de que o regaste teria sido pedido a família foi amplamente divulgado por diversos veículos de comunicação, mas até o momento a família não confirmou de forma oficial, nem revelou o montante pedido.

O delegado titular da 5ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin), José Raimundo Nery, mobiliou equipes para investigar o desparecimento, mas até o momento não deu detalhes sobre avanços nas investigações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo