BrasilGeral

Deputado Daniel Silveira é preso novamente após decisão do STF

Além do desrespeito ao uso de tornozeleira, Silveira teve uma determinação de pagamento do ministro Alexandre de Moraes de R$100 mil em fiança por violação do regime de prisão domiciliar. O parlamentar comentou que não teria condição de pagar o valor fixado. 

O deputado foi preso em fevereiro deste ano após publicar um vídeo nas redes sociais com ameaças e ofensas contra ministros do STF no âmbito do inquérito que mira o financiamento e organização de atos antidemocráticos em Brasília.

Após pedido da Procuradoria Geral da República (PGR), o Supremo Tribunal Federal (STF), através do ministro Alexandre de Moraes, decretou a prisão do deputado federal Daniel Silveira (PSL). A motivação seria por ter cometido 36 atos de desrespeito no uso da tornozeleira eletrônica. O parlamentar segue para o IML no Rio de Janeiro para realizar trâmites da prisão. 

Bahianoticias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo