Cidades

Deputado afirma que Anatel ‘finge’ fiscalizar operadoras de telefonia na Bahia

O deputado culpa a claro por falta de cobertura em muitos distritos.

217751O deputado estadual Sidelvan Nóbrega (PRB) afirmou que a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) “finge” fiscalizar as operadoras de telefonia. O parlamentar culpou a agência reguladora pela falta de cobertura da Claro nos distritos de Couto, Sambaituba e São José, em Ilhéus, no Sul da Bahia.

“Uma coisa é o que as operadoras dizem. A Anatel finge que fiscaliza, mas a realidade está no dia a dia de quem precisa usar a telefonia móvel e de quem precisa usar a web móvel”, afirmou Nóbrega. O deputado também relembrou o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) proposto pela extinta CPI da Telefonia, instalada na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA). De acordo com ele, a comissão identificou que a Bahia foi prejudicada no edital de licitação que cedeu o direito de exploração da telefonia 4G e da telefonia rural. A operadora Claro deveria ter levado até o final de 2015 o serviço de telefonia a 80% das localidades rurais.

Veja também

A fila é rápida: Lucas Lucco é visto aos beijos com modelo em praia do Rio de Janeiro

Homens: saibam quais os melhores momentos do dia para fazer sexo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar