BrasilGeral

Depois de Amoêdo, agora é Huck quem desiste da ‘terceira via’ em 2022

Em meio aos esforços já quase desesperados daqueles que tentam, a todo custo, encontrar um nome capaz de furar a provável polarização entre o presidente Jair Bolsonaro e o petista Luiz Inácio Lula da Silva nas eleições de 2022, a chamada “terceira via” — que ainda não saiu do papel — sofreu uma nova baixa. O apresentador Luciano Huck, da TV Globo, que vinha ensaiando uma candidatura ao Planalto desde 2018, desistiu oficialmente na disputa. As informações são do UOL.

Em uma entrevista ao jornalista Pedro Bial que vai ao ar na madrugada de quarta-feira 16, Huck anunciará publicamente que aceitou o convite para substituir outro apresentador de programa de auditório, Fausto Silva, na grade dominical da Globo no ano que vem. Faustão está deixando a emissora após mais de 30 anos e acertou transferência para a TV Bandeirantes. Huck, que apresenta o Caldeirão aos sábados, será a principal atração das tardes globais de domingo.

Embora ainda não tenha confirmado oficialmente o novo destino de seu apresentador, a Globo enviou à imprensa um material de divulgação da entrevista de Huck em que anunciou que ele terá “uma conversa franca com Pedro Bial sobre a sua vida e seus projetos, em um papo que traz respostas para perguntas que geram muita curiosidade”.

“Eu não sou um repentista, não sou um talento da música. Eu sou um homem da comunicação. Estou há 21 anos, literalmente, rodando o país inteiro por causa do Caldeirão do Huck, e isso me colocou diante de uma realidade muito forte, que é a realidade desse país. A televisão me proporcionou conhecer o país de um jeito muito profundo”, afirmou Huck.

“A minha relação é com as pessoas. Eu gosto de ouvir, conversar, mergulhar na história. Realmente me envolvo, de verdade. Pode parecer, nos meus programas, que eu estava impactando a vida das pessoas, mas eu posso garantir que o rio corre na direção oposta. O impactado fui eu, eu me transformei”, filosofa o apresentador.

O contrato de Huck com a Globo se encerraria no dia 30 de junho. Antes de decidir permanecer na emissora, o apresentador flertou com partidos políticos, publicou artigos sobre a política brasileira, fez críticas ao governo Bolsonaro e tentou se posicionar como um potencial candidato à Presidência. As legendas com as quais Huck mais se aprofundou nas conversas sobre uma possível candidatura em 2022 foram o Democratas e o Cidadania (ex-PPS). Em 2018, o apresentador também cogitou disputar a eleição, mas acabou desistindo.

Revista Oeste

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo