Sem categoria

Delegado afirma que ligou para o promotor para pedir a liberação de Nicassia

O delegado Edilson Magalhães voltou à rádio Andaiá para falar sobre a liberdade da senhora Nicassia que tinha sido presa após testemunhas afirmarem que a mesma era  responsável pelos crimes que ocorreram na Praça Padre na noite  de domingo (07/10), na festa de comemoração   do prefeito eleito Humberto Leite.

O delegado disse que Nicassia possui características semelhantes à atual acusada e única atiradora Uildileide Tavares da Silva, afirmou também que “a mesma já se encontra presa e o caso já foi todo elucidado, e não há mais dúvida de nada.” Todas as pessoas que direta ou indiretamente contribuíram para a efetuação dos crimes irão ser responsabilizadas, acrescentou o delegado.

Drº Edilson informou que Uildileide disparou os tiros por se sentir ofendida após o marido Alex dos Santos Bonfim ter sido atingido por um golpe de capacete no rosto.Para a efetuação dos disparos ela contou coma ajuda de outras pessoas.

Segundo relato do delegado, Uildileide, após a briga do marido, foi em casa, pegou a arma do  cunhado e retornou à praça, chegando lá, pessoas conhecida dela apontou as supostos pessoas que tinham agredido seu marido, ela começou a disparar os tiros , mas pessoas que não tinham ligação nenhuma com a discussão de seu marido, tornaram-se vítimas.

Após o crime ser desvendado e ficar comprovado que Nicassia não é culpada, o delegado disse que ele mesmo ligou para o promotor e pediu a liberação da mesma: “Eu mesmo na sexta-feira liguei para o promotor e disse: libere, pois nesse crime ela não tem nada a ver.”

Blog do Valente

Etiquetas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar