Cidades

Delegada dá voz de prisão a médico para atender policiais feridos em acidente

ACIDENTE - BA - 099A delegada Aymara Bandeira, da 33ª Delegacia de Monte Gordo, deu voz de prisão a um médico no Hospital Aeroporto para conseguir atendimento para três policiais envolvidos em um acidente ocorrido na tarde desta quinta-feira, 21, no Km 37, da BA-099, trecho do distrito de Barra do Jacuípe, litoral norte do estado.

O acidente, que deixou sete pessoas feridas, ocorreu por volta das 13h no sentido Litoral Norte, e envolveu três veículos sendo um ônibus, um caminhão de bebidas e uma caminhonete da policia civil, onde havia três agentes. No momento do acidente dois estavam dentro da viatura e um do lado de fora. Feridos, Jailton Oliveira, Antonio Miguel e João Gonçalves receberam os atendimento de uma UTI-Móvel da CLN e foram encaminhados para o Hospital Aeroporto. No entanto, eles tiveram dificuldades para receber atendimento na unidade.

Ao chegar, eles tiveram o atendimento recusado pelo médico ortopedista José Coriolano, segundo a delegada Aymara Bandeira. Bastou a delegada dar voz de prisão ao médico, para que os policiais fossem atendidos após 1h de espera. A reportagem de A Tarde esteve no local e falou com o Clínico Emergencista, Everson Marcos, que explicou que todas as vítimas que chegam à emergência do hospital devem passar inicialmente por um médico clínico. A TARDE procurou o médico ortopedista José Coriolano mas ele já tinha deixado a unidade de saúde.

O acidente – Testemunhas informaram que havia dois veículos no acostamento da rodovia sendo o caminhão e a viatura policial mais à frente. O ônibus seguia pela pista quando se chocou no fundo do caminhão e em seguida este bateu no carro da polícia. Ainda conforme a CLN, duas vítimas que estavam no ônibus tiveram ferimentos leves, foram atendidas e liberadas no local. No caminhão, duas pessoas ficaram feridas, uma levemente e outra que precisou ser encaminhada em uma Unidade de Terapia Intensiva Móvel da CLN para o Hospital Menandro de Farias, em Lauro de Freitas, Região Metropolitana de Salvador (RMS). O estado de saúde das outras vítimas é desconhecido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar