Cotidiano

Defesa de Lula diz que Deltan é ‘pessoa de muitas posses’ e pede aumento de indenização

A defesa de Lula (PT) protocolou um recurso especial junto ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), na última terça-feira (17), pedindo o aumento do valor da indenização de R$ 75 mil a ser paga pelo ex-procurador Deltan Dallagnol (Podemos) ao ex-presidente, por danos morais. A informação é do Uol.

Antes da condenação, que está relacionada ao Power Point apresentado por Dallagnol em primeira denúncia da operação Lava Jato contra Lula, os advogados do petista pediam uma reparação de R$ 1 milhão.

Segundo o site, no documento apresentado agora à Justiça, a defesa afirma que a decisão “deixou de levar em consideração a extensão da ilegalidade” e a “vasta e pública capacidade financeira” do ex-procurador.

“Como já demonstrado, o Embargado é pessoa de muitas posses, seja em virtude da remuneração diferenciada que aferia na condição de membro do Ministério Público Federal, seja pelos diversos eventos lucrativos que realizou durante sua carreira no Parquet — inclusive as inúmeras palestras pagas realizadas naquele período”, argumentam os advogados de Lula, que citam ainda o fato de que Deltan arrecadou valor compatível com o pedido da petição inicial e ainda assim “promoveu uma arrecadação de valores por meio de suas redes sociais”.

Bahia.ba

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo