Cotidiano

Datena sinaliza desistência de candidatura

O jornalista José Luiz Datena sinalizou neste sábado, 4, que vai desistir de sua pré-candidatura ao Senado por São Paulo. Ao mencionar que lidera as pesquisas de intenção de voto, disse que alguns políticos continuam rejeitando-o.

“Prefiro continuar representando o povo onde sempre representei”, disse Datena, em um vídeo publicado na página oficial do programa Brasil Urgente, da TV Bandeirantes, no Facebook. “Muito obrigado pelo carinho.”

Apesar de ser filiado ao Partido Social Cristão (PSC), o nome de Datena não é bem-visto entre os apoiadores do presidente Jair Bolsonaro. Em março deste ano, o jornalista declarou que nunca apoiou o presidente. “Apoiei o Bolsonaro é o cacete”, disse. “Eu simplesmente o entrevistei. Grande parte da grande imprensa não admite que eu faça entrevistas com políticos.”

Em 2018, afirmou não ter escolhido ninguém e que “o último cara” em quem votou foi o ex-presidente Lula. “Depois de Lula, eu não votei em mais ninguém, só justifiquei”, disse. “Tenho todas as minhas justificativas. Eu não sou responsável por boa parte do Brasil que está aí.”

Histórico de desistências

Não é a primeira vez que Datena sinaliza desistência durante a pré-campanha. Em 2020, ele chegou a ser cotado para ser vice na chapa de Bruno Covas (PSDB), mas desistiu. Em 2018, o jornalista licenciou-se do Brasil Urgente e lançou a pré-candidatura ao Senado, pelo DEM, porém retirou seu nome do pleito.

Revista Oeste

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios