Cidades

Das 18 vítimas na ação do Cabula, só 2 têm passagem pela polícia

POLICIA - REUNIAOApenas dois dos 18 baleados pela viatura da Rondesp durante confronto no bairro do Cabula, na madrugada da última sexta-feira (6), tinham passagem pela polícia. As informações são da assessoria de imprensa da Polícia Civil, que também revelou o fato de que subiu para 18 o número de vítimas da ação. De acordo com o jornal Massa, a quantidade de mortos continua em 12, mas a Polícia Civil descobriu que Luis Alberto de Jesus Filho, 28 anos, e Diego Santos Silva buscaram atendimento nos Hospitais do Subúrbio e São Rafael, respectivamente. Enquanto Luis segue internado e já teve a prisão decretada pela Justiça, Diego recebeu alta médica antes de a polícia saber que ele foi baleado no alegado confronto com os PMs. Luis Alberto já foi preso por tráfico e posse de drogas em 2009, 2010 e 2014. Evson Pereira dos Santos, 26, já foi detido por briga no carnaval em 2010 e 2011. A Polícia Civil afirma que delegados do Departamento de Homicídios de Proteção à Pessoa (DHPP) ouvem sobreviventes, parentes e moradores da região. Já o Ministério Público  acompanha as investigações com quatro promotores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo