Cotidiano

Cunha entrará com ação para que Moro seja impedido de julgá-lo

A defesa do deputado cassado Eduardo Cunha, preso no Complexo Médico Penal, na região metropolitana de Curitiba, vai apresentar um pedido de exceção de suspeição contra o juiz Sergio Moro. Para os advogados, Moro não tem isenção para julgar o réu.

O documento assinado pelos advogados Ticiano Figueiredo e Pedro Ivo Velloso acusa o juiz federal de violar direitos de prova de Cunha, além de pré-julgar a ação em que o ex-deputado é acusado de evasão de divisas e lavagem de dinheiro, entre outras coisas, conforme revelou a jornalista Mônica Bergamo na Folha de S. Paulo.

A ação, no entanto, será julgado pelo próprio Moro. Se o pedido for negado, a defesa poderá recorrer ao Tribunal Regional Federal da 4ª Região. Notícias ao Minuto.

 

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios