Geral

‘Cuba não é o mais lindo; é um dos regimes mais lindos’, corrige deputado comunista

ALVARO GOMESO deputado estadual Álvaro Gomes (PCdoB) disse que, na verdade, não considera o regime dos irmãos Castro o mais lindo do mundo. “O que eu falei foi que o objetivo de Yoani [Sánchez] era desestabilizar um dos regimes mais bonitos e reconhecidos pelo mundo, que é o de Cuba”, disse. O comunista insistiu com a reportagem que o sentido das afirmações era muito diferente. “É diferente, porque ‘o’ é absoluto, único. ‘Um dos’ podem ser dez, vinte, trinta, cinquenta”, disse. O deputado não quis especificar qual era o “regime mais lindo” e não respondeu se o sistema da nação caribenha era melhor do que o brasileiro. A defesa do Estado cubano, porém, foi mantida pelo parlamentar, que visitou o país quatro vezes. “Há 24 mil estudantes de Medicina em Cuba oriundos de todos os continentes. E 200 milhões de crianças perambulam pelas ruas do mundo; nenhuma é cubana”, discursou, sem especificar a origem dos dados. Ao ser questionado sobre temas como liberdade de expressão, Álvaro se esquivou, ao dizer que cada nação tem sua “realidade objetiva”. “A revolução sofreu brutal perseguição da maior potência econômico-militar do mundo e Cuba teve que se resguardar, seja do bloqueio ou das tentativas de invasão concreta. É um país que vive se defendendo de um inimigo brutal”, argumentou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo