Esportes

Cruzeiro entra com ação na Vara do Trabalho para retomar contrato com Fred

O Cruzeiro abriu uma ação na justiça pedindo o retorno do vínculo com atacante Fred. O pedido é para que a medida que liberou o jogador do clube Celeste para acertar contrato com o Fluminense seja suspensa.

O processo foi aberto nesta quarta-feira (15) na 1ª Vara do Trabalho de Belo Horizonte, sendo contrário a liminar que autorizou o atacante a rescindir o contrato com o clube mineiro e voltar para o Tricolor carioca. No documento, o Cruzeiro envolve o ex-presidente, Wagner Pires de Sá, e o ex-vice, Itair Machado, como responsáveis da dívida que envolvia o salário de R$ 800 mil mensais ao atacante, além de bônus, e cláusula compensatória de R$ 50 milhões, no caso do jogador deixar o contrato com a Raposa.

Segundo o clube mineiro, Fred não declarou que estava insatisfeito com os pagamentos e os atrasos de salário enquanto esteve na equipe e só anunciou que deixaria o Cruzeiro após o rebaixamento no fim do Brasileiro do ano passado.

Com ação, o Celeste quer que o acordo de trabalho com o jogador volte a valer enquanto o processo judicial movido por Fred para deixar o clube seja totalmente concluído e que a compensação por conta da rescisão do contrato seja suspensa. 

O atacante passou a integrar o time do Cruzeiro em 2017 e tinha acordo até o fim deste ano. Em fevereiro, Fred entrou com a ação para rescindir com a equipe para voltar ao Fluminense e foi liberado para assinar com o Tricolor no mês passado.

BN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo