Cidades

Cruz das Almas: Ex-prefeito nega estar inelegível após contas reprovadas pelo TCM

ORLANDINHO - CRUZ DAS ALMASO ex-prefeito de Cruz das Almas, Orlando Peixoto Pereira Filho, negou estar inelegível para as eleições 2016 após o Tribunal de Justiça do Estado da Bahia (TJ-BA) negar um mandado de segurança para que o nome do ex-gestor não conste na listagem do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) com contas reprovadas.

Por meio de nota, Orlando Filho argumenta que as contas de 2011, reprovadas pelo TCM, foram aprovadas pela Câmara de Vereadores, o que o isentaria de figurar na relação de inelegíveis que deve ser encaminhada pelo Tribunal de Contas ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA).

A defesa sugere ainda que, ao concorrer como candidato a deputado estadual em 2014, o deferimento da candidatura pelo TRE-BA comprova a elegibilidade do candidato.

A batalha, no campo jurídico, deve acontecer no âmbito da Justiça Eleitoral, porém o nome de Orlando Filho deve aparecer na listagem de gestores com contas reprovadas pelo TCM, conforme preconiza a legislação vigente.

Segundo aponta a defesa do ex-gestor, “nas referidas contas não há absolutamente nenhum registro de ato doloso de improbidade que possa gerar alguma inelegibilidade”. O TJ-BA, no entanto, não determinou a elegibilidade, conforme sugere a assessoria jurídica de Orlando Filho.

BN

Leia mais

Edílson pode pagar parcela de R$ 30 mil de dívida para deixar prisão

Salvador: Tiroteio em Tancredo Neves deixa criança e mulher feridas

Bispo tira selfie com Jean Wyllys e escreve em post: “ou se converte, ou morre”

Estado Islâmico sugere formas de terror nos Jogos Olímpicos do Rio

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo