Cotidiano

Crivella e Witzel dizem que Carnaval do Rio na Sapucaí será privatizado

O prefeito do Rio de Janeiro Marcelo Crivella (PRB) e o governador Wilson Witzel (PSC) anunciaram após um almoço no Palácio Guanabara nesta quarta-feira (26), a intenção de privatizar a organização dos desfiles de escolas de samba. Atualmente, o Carnaval é feito sob a responsabilidade da prefeitura do Rio e pela Liga Independente das Escolas de Samba (Liesa). 

Segundo informações do site UOL, o prefeito afirmou que o Carnaval só tem dado lucro a TV Globo, detentora dos direitos de transmissão, e para a Liesa, que realiza a venda de ingressos para a celebração. De acordo com Crivella, ocorreu um acordo com o estado, que estou a possibilidade de assumir o evento. 

“O governador vai me ajudar também. Sei que uma empresa fez proposta para a Liesa. Vamos fazer uma parceria aí, governo do estado e município, e o Carnaval será então privatizado. Vai viver de recursos privados, já que nós hoje vivemos uma crise muito grande”, disse Crivella. 

Witzel disse na coletiva, que estudos técnicos foram realizados e houve a conclusão de que parte do sambódromo foi construído pelo estado e parte pela prefeitura, resultando em uma parceria necessária. “Há um acordo entre nós. Sambódromo realmente precisa de iniciativa privada. Se houver realmente empresa privada, o estado, que tem que prestar o serviço de segurança pública naquela região, também tem total interesse que isso aconteça e vamos fazer de comum acordo”, afirmou. 

Crivella e Witzel não entraram nos detalhes sobre o modelo a ser adotado para a privatização dos desfiles na Sapucaí.

BN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo