Cidades

CPI da Petrobras: Depoimento de tesoureiro do PT tem confusão com ratos à solta na Câmara

O depoimento do tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, começou com ratos à solta na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobras na manhã desta quinta-feira (9). Literalmente.
 
Um homem ainda não identificado libertou roedores e foi contido pela Polícia Legislativa – ele trouxe uma caixa com ratos e liberou na sala em que se reúne a CPI para ouvir o petista, investigado pela Operação Lava Jato. O deputado federal baiano Jorge Solla (PT) acusou a oposição de tentar transformar a CPI “em um circo”.
 
Veja mais
Após escândalo Petrobras, PT prepara “ajuste fiscal” interno para não quebrar, diz jornal
Petrobras conseguirá superar todos os problemas até o fim de abril, diz Dilma
Famosos convocam para o protesto contra Dilma e PT no dia 12.
Apesar da expectativa com o depoimento de Vaccari Neto, o tesoureiro do PT obteve um Habeas Corpus do Supremo Tribunal Federal (STF) em que tem o direito de permanecer calado e não ser obrigado a dizer a verdade, de acordo com o portal G1. Veja o vídeo com roedores na CPI:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo