Cidades

Corpo de mulher morta pelo companheiro em Santo Antônio de Jesus segue no DPT

O coordenador do Departamento de Polícia Técnica de Santo Antônio de Jesus, prestou esclarecimentos a imprensa nesta quinta-feira (12), devido a demora da liberação do corpo de Maria Damiana dos Santos, 55 anos, morta pelo companheiro na noite do dia 31 de agosto.

Segundo Lino Oliveira, não foi possível identificar a vítima por impressão digital, pois o corpo já está em estado de decomposição.

“Há uma demanda em Salvador muito grande em relação a exames radiológicos, a nossa realidade é bem diferente, por isso que houve um pré-agendamento para que a gente levasse o corpo determinada hora para ser atendido. Vamos tentar identifica-la pela arcada dentária, se não for possível, terá que fazer exame de DNA que pode demorar meses”, disse o perito ao Blog do Valente.

Vítima e acusado

Oliveira revelou ainda ter encontrado perfurações no pescoço da vítima necessitando de melhor avaliação: “O corpo tem que sair daqui identificado. Agora ele é do estado. Como foi envolvido em um processo criminal, vai precisar ser examinado detalhadamente porque cada coisa encontrada no corpo vai fazer parte do processo.” Finalizou ele.

O corpo de Damiana foi encontrado na tarde de segunda-feira (9), enterrado nos fundos de um bar pertencente a ela a ao acusado, o companheiro Antônio dos Santos Borges, 44 anos, confessou o crime, e disse ter cometido o assassinato após uma briga.

Etiquetas
Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar