BrasilGeral

CoolCola, Fancy e Street: as novas marcas dos refrigerantes da Rússia

A Rússia está substituindo os refrigerantes tradicionais e que há até pouco tempo faziam parte do dia a dia dos russos por versões nacionais. As garrafas imitam o esquema de cores das matrizes e também o gosto, segundo o jornal russo Moscow Times.

A nova linha de refrigerantes, fabricada na antiga indústria soviética Otchakovo, traz as marcas CoolCola, Fancy e Street, em substituição às marcas originais ocidentais Coca-Cola, Fanta e Sprite — todas as fabricantes oficialmente suspenderam a produção no país devido à guerra na Ucrânia. Segundo a fabricante, CoolCola tem o “gosto icônico da cola”.

As três marcas globais de refrigerantes estão praticamente ausentes das prateleiras russas. Embora os produtos ainda possam ser encontrados nas lojas, os preços dispararam cerca de 200% desde a suspensão.

No bolso, as bebidas nacionais são mais atrativas do que as ainda existentes latinhas e garrafas dos produtos de origem estrangeira. Um litro e meio de Street sai por 89 rublos (R$ 6,80), valor equivalente ao de uma lata com 500 mililitros de Coca-Cola ou Pepsi, marca ainda mais abrangente e que também suspendeu suas vendas — mas não de toda a sua linha alimentícia.

A Rússia prevê reduzir em 25% a importação de bens de consumo em 2022 e perdeu estimadas 750 marcas ocidentais depois do início do conflito, em fevereiro.

Revista Oeste

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo