Geral

Controlar o ciúme deixa o relacionamento mais feliz; veja outras dicas

CASAL - PAZSe houvesse fórmula perfeita para ser feliz num relacionamento, a vida seria bem mais fácil. Estar junto significa abrir mão de uma série de coisas em prol da felicidade do outro e do casal, pensar sempre por dois e ter muita paciência com o companheiro. É importante estar em sintonia, conhecer seus gostos, desejos e medos. Para a infelicidade de muitos, essa fórmula não existe. Não há regras que, se seguidas, garantam certamente que um relacionamento dê certo. Cada casal segue uma lógica própria e se compreende de um jeito único. Mas, é claro, podem haver muitos problemas numa relação a dois. Brigas, desentendimentos, ciúmes e restrições fazem parte do dia a dia de um casal. É preciso ter em mente que não dá para escapar dessas coisas, mas há sim, maneiras de lidar com essas situações, que podem amadurecer e fortalecer o namoro ou casamento.

Controle o ciúmes: A primeira dica é controlar o ciúmes. Se for na medida certa, não tem problema. Mas, ninguém é obrigado a aturar aquele ciúmes doentio, quando o homem não deixa a parceira sair com os amigos, usar certas roupas e controla cada passo. O ciúme desgasta a relação e gera brigas sérias. O melhor a fazer é confiar no outro.

Confie no outro: Ter confiança é essencial para manter a liberdade de cada um. Não dá para ficar mexendo no celular da namorada ou vasculhando redes sociais. Saiba que é importante que você e ela saiam com os próprios amigos, para descontrair e até mesmo desabafar. Até porque ninguém gosta daquele casal que se isola de todo mundo quando começa a namorar.

Não deixe seus planos de lado: Não é porque agora você está numa relação a dois que seus planos de carreira e projetos pessoais devem ser deixados de lado. Antes de mais nada, você tem sonhos e ideias para seu futuro e deve correr atrás para fazê-los acontecer. O melhor é tentar aliar suas ideias com as de sua companheira. O casal deve se ajudar e se esforçar para torná-las realidade.

Perdão é ouro: Aprender a perdoar é valioso. Isso vale não só para um compromisso a dois, mas também para as relações com a família e amigos. Se você cometer um erro, deve ter a humildade de reconhecer o fato e se desculpar. Da mesma maneira, se ficou chateado com uma atitude de sua esposa ou namorada, mostre as razões e esteja sempre aberto ao perdão.

Elogie a parceira (o): Valorize os pontos fortes e qualidades de sua parceira ou parceiro. Quem não gosta de ouvir um elogio de vez em quando, né? Faz bem para a auto-estima e mostra que você a conhece. Já os defeitos não devem ser varridos para debaixo do tapete. Lembre-se que é importante dar uns toques de vez em quando e ajudá-la a trabalhar os pontos fracos. Mas nem tudo são flores. Todo casal passa por momentos ruins, sejam brigas ou fatores externos. Nessas horas, é importante mostrar à companheira que ela pode contar com seu apoio e dedicação e que os problemas serão superados no devido tempo. Faça-a se sentir segura.

Saiba a hora de ouvir e falar: Saiba ouvir. Alguns homens não têm paciência para escutar as reclamações ou desabafos da parceira. Isso é muito errado porque pode mostrar que você não se importa com os problemas dela ou sua opinião. Falando em opinião, a honestidade é um dos pilares do relacionamento. Se você tem medos, dúvidas ou está descontente com a relação, é melhor abrir o jogo. Não evite discussões desse tipo. Se deixar acumular, tudo vai virar uma grande bola de neve e as consequências poderão ser muito maiores.

Seja fiel com você e com o outro: Seja fiel a si mesmo. Não tente mudar completamente sua personalidade, gostos ou modo de agir para satisfazer o outro. Isso pode gerar muitos problemas no futuro. Se ela está com você é porque aprecia suas qualidades e aprenderá, com o tempo, a lidar com seus defeitos. Pode ser contraditório, mas a verdade é que, em alguns casos, mudar faz bem. O importante é saber o quê. Num relacionamento, as pessoas mudam pequenos hábitos e características, sem nem perceber, e vão se ajustando naturalmente à lógica da relação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo