Cidades

Consumo de insetos pode prevenir diarreia de inflamação sistêmica do organismo, diz estudo

Um estudo elaborado pela Universidade de Wisconsin, nos Estados Unidos, conseguiu evidências no benefício do consumo de farelo de grilos para a saúde. A nutricionista ligada a instituição, Valerie Stull, elaborou uma experiência com 20 adultos durante 14 dias.

De acordo com o portal Saúde é Vital, no período, Stull dividiu os voluntários em dois grupos. Um deles os adultos consumiram um café da manhã convencional, já outro adicionou o farelo de grilos nas refeições matinais, com posterior troca do cardápio entre cada uma das partes.

Após a realização de exames de sangue e fezes, para atestar a segurança do consumo do farelo, a pesquisadora descobriu que não ocorreram toxicidades e intolerâncias ao alimento. Ela também notou um aumento significativo da bactéria Bifidobacterium animalis, microrganismo considerado benéfico ao aparelho digestivo, inibidor de agentes que podem provocar doenças e protetor contra diarreias.

O estudo também trouxe evidências de que o consumo do farelo pode prevenir a inflamação sistêmica do organismo. No entanto, mesmo com esse balanço positivo da pesquisa, Valerie chama atenção: “Esse é um pequeno estudo piloto e o primeiro a olhar para o consumo de insetos dessa maneira. O que esses dados nos mostram com certeza é que precisamos de mais pesquisas nessa área”.

As suspeitas da relação do farelo as taxas apresentadas nos exames podem estar associadas às fibras que compõem de forma expressiva os insetos.“É possível que essas substâncias ajam como prebióticos, alimentando algumas das boas bactérias presentes na microbiota”, explica Valerie.

BN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar