Cotidiano

Consumo de açúcar durante a gravidez afeta coração dos bebês

GRAVIDA - ACUCARQue o açúcar é um dos mais nocivos e atuais venenos, não há dúvida e todos os dias surgem novas pesquisas que relacionam este alimento a problemas de saúde.
Depois do consumo de açúcar ter sido diretamente relacionado com o câncer, a ingestão deste carboidrato está agora ligada a problemas cardiovasculares nos bebês das mães que não se controlaram durante o período de gestação.
Esta é a conclusão de um estudo da Universidade do Texas, nos Estados Unidos, que indica que o consumo de muito açúcar durante a gravidez – muitas vezes na carona dos desejos e da ideia de que se deve comer por dois – coloca as crianças à mercê de problemas de coração na idade adulta.
“Descobrimos que quando a mãe tem um alto consumo de frutose durante a gravidez, existe um maior risco do filho desenvolver obesidade, hipertensão e disfunção metabólica quando for adulto, e tudo isto são fatores de risco para doenças cardiovasculares”, disse Antonio Saad, autor do estudo, citado pelo Telegraph.
Diz o mentor da investigação – feita em ratos de laboratório e publicada no American Journal of Obstetrics and Gynecology – que este “efeito” é mais prejudicial no sexo feminino.
“Limitar a ingestão de alimentos e bebidas altamente enriquecidas com frutose durante a gravidez pode ter um grande impacto sobre a saúde futura da criança”, salienta Saad, referindo que esta medida pode também ajudar a reduzir os níveis de obesidade no futuro.
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar