Cidades

Consultorias de Palocci podem ter desviado R$ 100 milhões ao PT, diz revista

PALOCCIOs contratos firmados entre a “Projeto”, empresa de consultoria do ex-ministro Antonio Palocci, e as empreiteiras que fizeram negócios com a Petrobras podem ter sido usados para desviar cerca de R$ 100 milhões aos cofres do Partido dos Trabalhadores. De acordo com informações da revista Isto É, a pedido da Procuradoria Geral da República está em curso na Justiça Federal do Paraná uma investigação sobre a participação de Palocci, ex-ministro da Fazenda e da Casa Civil, no esquema de corrupção da Petrobras, revelado pela Operação Lava Jato. “Vamos demonstrar que, assim como o ex-ministro José Dirceu, Palocci trabalhou para favorecer grupos privados em contratos feitos com a Petrobras e canalizou ao partido propinas obtidas a partir de recursos desviados da estatal”, disse um dos procuradores que atuam no caso à revista. Para aprofundar as investigações sobre os contratos da empresa de consultoria, os procuradores devem solicitar nas próximas semanas ao Juiz Sergio Moro, responsável pela Operação Lava Jato, a quebra dos sigilos bancários e fiscal de Palocci. Ainda segundo a publicação, o Ministério Público e a Polícia Federal suspeitam que as consultorias prestadas pelo ex-ministro tenham servido para desviar recursos para a campanha eleitoral da presidente Dilma Rousseff em 2010 – acusação presente nos depoimentos de delação premiada do ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa. Na última semana, deputados do PSDB e do PPS que integram a CPI da Petrobras na Câmara ingressaram com requerimento para que Palocci seja convocado a depor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo