Cotidiano

Conquista: Homem é preso por se passar por promotor, policial federal e delegado

Um homem foi preso por se passar por diversos cargos, entre eles promotor e policial federal, em Vitória da Conquista, no sudoeste. Carlos Alberto da Silva Ribeiro, de 49 anos, foi detido em flagrante em uma agência bancária, no centro da cidade. Segundo a Secretaria da Segurança Pública (SSP-BA), moradores desconfiaram da atitude do homem quando ele deu voz de prisão a uma pessoa, se identificando como policial. No mesmo dia, o acusado se envolveu em outra confusão. Dessa vez, disse que era servidor público.

Desconfiados, moradores acionaram a polícia que descobriu a farsa. Com o homem, policiais militares da 77ª CIPM encontraram diversas carteiras que o acusado usava. Havia carteiras de oficial avaliador do Poder Judiciário do Estado da Bahia, de Identificação de juiz de paz com brasão Federal, de oficial de Justiça Federal, de delegado de Defesa dos Direitos Humanos Federal, de agente de Proteção da Infância e Juventude Federal, de juiz Arbitral Federal; de oficial de Mediação e Conciliação Federal; distintivos com de agente do Poder Judiciário com Brasão Federal, de oficial de Justiça do Poder Judiciário, de perito civil e crachá de identificação de delegado de Direito Humanos.

A polícia encontrou também dois cartuchos de ar comprimido, um cartucho calibre 22 e uma pistola de ar comprimido. O homem e o material apreendido foram levados para o Distrito Integrado de Segurança Pública (Disep) de Vitória da Conquista. Ele foi autuado por usurpação da função pública e porte ilegal de munição. 

BN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo