Slide

Conheça a vigorexia, a doença de quem não consegue parar de malhar

HOMEM - MUSCULACAO - VIGOREXIAA insatisfação com o próprio corpo é um tema recorrente entre as mulheres. Perder gorduras localizadas, cirurgias estéticas dos mais variados tipos, exercícios para endurecer os glúteos e pernas, emagrecer, bulimia e anorexia. Estes são alguns dos assuntos que permeiam o dia a dia feminino. Mas não são só elas que sofrem com o conceito do corpo perfeito.

Apesar de também acontecer com as mulheres, a vigorexia acomete mais os homens. Ela é um transtorno psicológico caracterizada por levar os homens à prática exaustiva de exercícios físicos. Essa insatisfação constante com o corpo pode estar associada a uma distorção da autoimagem.

Um estudo realizado pela Universidade de Sydney aponta que os homens têm quatro vezes mais chances de sofrerem da doença do que as mulheres.

Segundo o UOL, os indivíduos que sofrem de vigorexia se olham no espelho e não conseguem ver que estão definidos o suficiente e que precisam definir ainda mais os músculos. Enquanto as pessoas com anorexia querem emagrecer, perder peso e medida, as pessoas com vigorexia pretendem ganhar massa e se tornarem maiores.

“Todo o meu tempo livre eu uso para treinar. Eu sempre arranjo tempo para ir à academia nos finais de semana, porque me sinto mal quando não vou. É realmente uma obsessão”, diz Nicolas Depoorter, que confessa se olhar no espelho e enxergar o adolescente magro de antes, apesar de atualmente, com 24 anos, ter um bíceps com circunferência de meio metro.

“Para mim, é uma obsessão saudável. Além disso, se você quer ser melhor que os outros, precisa ser um pouco obcecado. É um estilo de vida, algo que você faz 24 horas por dia, sete dias por semana”, disse Deporteer à BBC.

Especialistas apontam que este problema, antes relegado a halterofilistas ou pessoas que se exercitavam muito, agora está sendo considerado como um “problema de saúde em ascensão”.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar