Cotidiano

Conheça os sinais de depressão que os homens não podem ignorar

HOMEM - DEPRIMIDOA depressão é um distúrbio mental que muitas vezes vem acompanhado de baixa autoestima, perda de interesse em atividades geradoras de prazer, pouca energia e até mesmo dor sem causa aparente.

Mesmo existindo uma forte carga genética associada a esta condição, o meio ambiente e a forma como cada pessoa gere e lida com as próprias emoções são fatores que pesam muito na balança e que podem ser a causa da condição.

Este distúrbio mental é omais comum em todo o mundo (mesmo sendo uma das mais incompreendidas) e não escolhe um momento de chegada, uma idade e muito menos sexo. Embora seja fortemente associada a mulheres, a depressão é também um problema real para o sexo masculino. Como explica à revista Health o médico Ian A. Cook, “enquanto os sintomas usados para o diagnóstico da depressão são iguais independentemente do gênero, a reclamação é bem diferente entre o homem e a mulher”.

Porém, não é apenas na ausência de queixa que as atenções devem estar centradas. De acordo com a publicação, existem sinais claros que os homens emitem quando estão num estado depressivo e que jamais devem ser ignorados, seja pelos próprios ou pelas pessoas ao redor.

A fadiga constante, seja física ou emocional, é um dos estados de alerta, uma vez que este sintoma é mais facilmente espelhado pelos homens do que pelas mulheres, como indica o psicólogo clínico Josh Klapow. A falta ou excesso de sono é outra condição a ser levada em conta, tal como as dores físicas e que afetam maioritariamente a cabeça, as costas e o estômago (podendo dar origem a diarreia ou constipação intestinal).

Comum também no sexo feminino, o estress e a irritação (que podem evoluir para estados de hostilidade ou fúria) são também sinais de depressão, assim como a indecisão e a dificuldade de concentração, seja qual for o pensamento em mente, embora este seja maioritariamente negativo e possa dar chance a um outro sinal de depressão: os pensamentos suicidas.

Difícil de associar de imediato a uma depressão (embora a ligação seja bem direta), a ansiedade é igualmente um fator que merece atenção por parte das pessoas que lidam com os indivíduos do sexo masculino. E essas mesmas pessoas devem ainda observar e avaliar os comportamentos de risco, como o abuso de bebidas alcoólicas ou substâncias ilícitas, uma vez que podem estar a servir de refúgio para uma dificuldade em lidar com os problemas da vida.

Causa ou consequência de uma depressão, a disfunção erétil é outro sinal de que algo não está bem com o homem. Segundo o médico Cook, “os problemas na performance (sexual) podem ter origem na depressão e torná-la ainda pior”.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo