Saúde

Conheça os primeiros sinais que indicam o câncer

Muitas vidas poderiam serem salvas com medidas preventivas e exames periódicos, mas nem sempre isso acontece. O melhor método para uma cura definitiva é o diagnóstico precoce. Quanto antes o câncer for detectado, mais chances os médicos terão de curá-lo.

Diversos sintomas são relacionados por médicos, que quando acontecem, podem indicar a presença de um câncer. Médicos do Instituto Oncologia alertam que, ao apresentar alguns sintomas determinados por um longo período de tempo, é preciso realizar uma consulta médica o quanto antes para realizar um diagnóstico completo e correto. Confira alguns sintomas que podem indicar o surgimento de um câncer, mas vale ressaltar que apresentar esses sintomas não necessariamente significa que a pessoa tenha câncer.

Febre que aparece e some, sem tomar remédios

A febre é uma resposta imunológica que indica que algo não está correto no corpo. A maioria dos pacientes com câncer tem febre em algum momento. Ter febre três vezes na semana, que aparece e some sem tomar remédios, e depois reaparece com maior frequência, pode ser um sintoma de câncer.

Sentir cansaço a todo momento

A maioria das pessoas que tem câncer apresenta cansaço o tempo todo, mesmo tendo repousado. A alteração de células no sangue, no caso da leucemia, faz com que os órgãos não sejam oxigenados como deveriam, provocando um cansaço incurável.

Perda significativa de peso

Em um curto período de tempo, se uma pessoa perde 10 quilos, sem praticar nenhum tipo de atividade física ou alguma dieta, pode ser um sinal de câncer. Na maioria das vezes, esse sintoma pode indicar câncer no estômago, pâncreas, esôfago ou pulmão.

Dor incurável

Uma dor persistente, que não diminuiu com nenhum tratamento – como compressas frias ou quentes – pode ser um sinal de câncer. Essa dor, que também não é causada por exercícios físicos ou doenças como artrite ou artrose, também pode ser um sintoma de câncer nos ossos, ovário, testículo ou intestino.

Alterações na pele 

Hiperpigmentação, icterícia, eritema ou coceira podem ser alguns sintomas de câncer de pele.

Mudanças no intestino

A constipação a longo prazo é um sinal comum para pessoas que desenvolvem câncer colorretal, assim como a diarreia e alteração fecal. Diarreia e fezes duras por mais de 6 semanas também podem ser um sinal de câncer no intestino. Mudanças no padrão intestinal, como por exemplo, ter fezes duras em alguns dias e em outros, diarreia, bem como vômitos e náuseas podem ser sintomas de câncer.

Feridas que não cicatrizam

Feridas em qualquer região do corpo que demoram mais de um mês para cicatrizar podem ser um sinal de câncer, já que o sistema imunológico está debilitado, portanto, as plaquetas responsáveis pela cicatrização diminuem drasticamente.

Sangramentos

Sangramentos em diversas partes do corpo podem ser um indicativo de câncer. Por exemplo, tosse com sangue pode ser um sinal de câncer no pulmão. Já sangramento nas fezes pode indicar câncer colo retal. Sangramentos na vagina podem ser um sintoma de câncer no útero.

Tosse e voz rouca por mais de 3 semanas

Voz rouca, falta de ar e tosse por mais de 3 semanas podem ser sintomas de câncer de laringe, tireoide e pulmão, por exemplo.

Manchas na pele

Manchas escuras, pele amarelada, manchas avermelhadas, roxas, acompanhadas de bolinhas, pele áspera e coceira podem ser provocadas por alterações causadas pelo câncer. Qualquer alteração na pele, como verrugas, sardas ou manchas podem indicar melanoma. É imprescindível que a pessoa consulte um médico para ser diagnosticada corretamente o quanto antes.

[ Diário de Biologia ] [ Fotos: Reprodução / Diário de Biologia ]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo