Entretenimento

Condenada pelo assassinato da filha de Glória Perez abre queixa-crime contra autora

Paula Thomaz, que foi condenada a 18 anos e seis meses de prisão em 1997 pelo assassinato da atriz Daniella Perez, filha de Glória Perez, abriu uma queixa-crime contra a autora de ‘A Força do Querer’ da Globo.

As informações são da colunista Fábia Oliveira, do jornal ‘O Dia’. A ex-atriz e o atual marido de Paula, Sérgio Peixoto, acusam Gloria e alguns seguidores da autora dos crimes de ameaça e difamação.

A denúncia foi motivada pela resposta da global em alguns comentários dos seus seguidores sobre Paula estar investindo na carreira artística da filha mais nova.

Em um dos comentários, Gloria afirmou que “essa criminosa não tem limites. Não preservou o filho que tinha na barriga quando se fez assassina e não preserva a filha de um meio (artístico) onde terá sempre como referência ser filha de uma assassina”.

O boletim de ocorrência contra Perez foi aberto na Delegacia da Criança e do Adolescente Vítima, no Centro do Rio.

No depoimento, o casal citou algumas das ameaças feitas por seguidores da autora. “Vai Gloria, agora manda matar a filha dela” e “É bom ela colocar a filha sim, quem sabe acontece o mesmo e alguém tira a vida da filha dela da mesma forma. Aqui se faz, aqui se paga”.

Segundo Fábia Oliveira, Gloria Perez, que foi intimada a depor, enviou o seu advogado para saber mais sobre a denúncia. O inquérito segue em fase de diligências e ainda não virou um processo.

Bahia.ba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo