Notícias

Conceição do Almeida e São Gonçalo estão entre as praças de pedágio da BR-101

O trecho baiano da rodovia BR-101 entre Feira de Santana e Mucuri, deverá ser concedido à iniciativa privada ainda este ano e contará com nove praças de pedagio620pedágio ao longo dos seus 772,3 quilômetros. A concessão tem um prazo de 25 anos e prevê a recuperação e duplicação da rodovia. Conforme constará na minuta do contrato de concessão, o investimento previsto será de R$ 3,58 bilhões. A concessão da BR-101 seguirá o mesmo modelo adotado na Bahia para as rodovias BR-324 e BR-116, cujo vencedor foi o consórcio ViaBahia. Neste caso, vencerá o leilão a empresa que oferecer o maior desconto em cima do preço definido pela Agência Nacional de Transportes Terrestres-ANTT para os pedágios. De acordo com informações do Jornal A Tarde, o contrato prevê que a concessionária terá um prazo de cinco anos para duplicar a rodovia no trecho baiano. No primeiro ano, será realizada apenas a requalificação na pista já existente. A partir do segundo ano, possivelmente em setembro de 2014, a empresa fará a duplicação dos primeiros 87,6 quilômetros. A expectativa inicial é que a duplicação completa esteja pronta nos últimos meses de 2018. As praças de cobrança de pedágio ficarão nas cidades de São Gonçalo dos Campos,Conceição do Almeida, Wenceslau Guimarães, Ubaitaba, Buerarema, Mascote, Itabela, Itamaraju e Caravelas. Mídia Recôncavo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar