Cidades

Como um químico virou caipira de beira de estrada? Pergunta lá no Posto Ipiranga

posto impirangaAntonio Duarte de Almeida Júnior, 52 anos de idade. Você provavelmente não vai relacionar esse nome ao de uma pessoa famosa no Brasil, mas trata-se do popular “Batata“, ator de filmes publicitários bastante conhecido por interpretar o caipira de beira de estrada no comercial do Posto Ipiranga.

Batata, na verdade, é químico industrial de formação, continua exercendo sua profissão, e entrou no mundo da fama por acaso. Ele abriu as portas de sua casa na Avenida Angélica, região central de São Paulo, para contar algumas. Além de químico e ator, Batata é colecionador de antiguidades, discos de vinil, folião e DJ nas horas vagas.

O início da televisão
A campanha do Posto Ipiranga é apenas uma das muitas que o ator já participou ao longo da sua carreira, sempre com marcas conhecidas, como Kibon, Cerpa, Jornal Agora e Casas Bahia, por exemplo. O começo de tudo foi lá em 1996.

“Nessa época eu nem sonhava em entrar para publicidade. Eu era boêmio, solteiro, vivia na noite dançando gafieira no Bar Avenida. Aí tocou meu pager, era uma agência de casting (que faz elenco para filmes e peças de publicidade). Estavam produzindo uma campanha para antiga Mesbla e me indicaram para fazer o teste porque eu sabia dançar”, contou Batata.

“Na hora nem acreditei, fiquei desconfiado, achei até que fosse pegadinha do Faustão. Acabei indo na agência, cheguei lá já procurando alguma câmera escondida. Toda hora que entrava alguém, achava que ia rolar uma sacanagem”, continuou.
Apesar de ter ido bem no teste, Batata não conseguiu o trabalho por conta de uma viagem. Mas quando voltou, foi lembrado mais uma vez. “Na sequência já me chamaram para outro teste, um da LG. Fiz e passei, tinha que gravar o comercial em três dias. Rapaz, fiquei nervoso demais, caiu a ficha e fiquei sem dormir de medo. Gravei essa primeira propaganda e nunca mais saí desse mundo”, relembrou.
Sucesso no Posto Ipiranga
Uma nova fase na carreira de Batata começou a ser construída no final de 2011, quando foi chamado para o primeiro comercial do Posto Ipiranga. Na verdade, o ator já havia sido rejeitado em outros testes da empresa. IG – Estamos também no twitter

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo