Sem categoria

‘Como governador ele não pode expressar publicamente esse sentimento pessoal e partidário’, critica Imbassahy

O deputado federal Antonio Imbassahy (PSDB) criticou nesta quarta-feira (14) a declaração do governador Jaques Wagner (PT) em defesa do ex-ministro José Dirceu, e do ex-presidente do PT, José Genoino, condenados nesta terça (13) pelo Supremo Tribunal Federal (STF) por participação no esquema do “mensalão”. Para o líder baiano, que afirmou não considerar os seus correligionários “criminosos”, as penas impostas foram “exageradas”.  “Tenho a certeza que o pensamento do governador não está em sintonia com o sentimento dos baianos. Portanto, é inaceitável”, pontuou o tucano. Para o parlamentar baiano, Wagner, como chefe do Executivo estadual, não deveria expressar sentimentos pessoais e partidários contrários às medidas judiciais impostas pelo STF. “Como filiado e militante do PT, Wagner até poderia se posicionar dessa forma, mas, como governador da Bahia, representante da população do estado, ele não pode expressar publicamente o seu sentimento pessoal e partidário, que é contrário às medidas judiciais impostas pela suprema corte. Na decisão, Dirceu foi condenado a 10 anos e 10 meses de prisão, além de uma multa de R$ 676 mil. Já Genoino foi sentenciado a 6 anos e 11 meses de prisão e multa de R$ 468 mil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo