Bahia

Comerciante é preso por ‘gato’ de energia e paga fiança de R$ 30 mil

Um comerciante de Campo Formoso, no Piemonte Norte do Itapicuru, foi preso por furto de energia elétrica. O caso foi descoberto nesta terça-feira (3). O homem, que atua no ramo de cimento, foi liberado após pagar uma fiança de R$ 30 mil.

Conforme a Polícia, a ação ocorreu como parte de uma operação de combate a furto de energia cometido por grandes empresários e envolveu a 19ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (19ª Coorpin), o Departamento de Polícia Técnica (DPT) e a Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba). Segundo o G1, ainda não há estimativas dos valores roubados pelo empresário de Campo Formoso.

Em comunicado desta terça, a Coelba disse que recuperou nos seis primeiros meses do ano 157 milhões de kWh. O volume é o maior já registrado pela companhia para o período. Segundo a empresa, a energia furtada no período seria suficiente para abastecer 1,3 milhão de residências por um mês ou Feira de Santana, durante dois meses e meio.

A Coelba também informou que a energia recuperada no primeiro semestre deste ano é cerca de 40% superior ao registrado no mesmo período do ano passado. A empresa realizou, de janeiro a junho de 2021, foram realizadas 176 mil inspeções na Bahia, com a substituição de mais de 141 mil medidores obsoletos ou com defeito.

No mesmo período, a companhia identificou 55 mil irregularidades nas operações de combate ao furto de energia. Do total de energia, cerca de 79 milhões de kWh foram recuperados em fazendas e propriedades agrícolas e 27 milhões em residências. Bahia Notícias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo