Geral

Comandante do 14º BPM de Santo Antônio de Jesus divulga nota de esclarecimento

O 14º Batalhão da Polícia Militar da Bahia é também um guardião da lei no recôncavo sul e se sente demasiadamente indignado pela ação de pessoas que, por interesses pessoais, terminam por agir de maneira inescrupulosa, atingindo a imagem de toda uma instituição que há 187 anos vem servindo à comunidade baiana.

A intimidade é um direito constitucionalmente protegido. O anonimato é constitucionalmente vedado.

Este Comando esclarece que o fato veiculado no vídeo “Farra no 14º BPM” não se deu em nenhuma das instalações do 14º BPM, e será investigado através de processos administrativos, o que não impede que as pessoas que tiveram seus direitos violados em decorrência dessa ação ilegal e criminosa, recorram à justiça para ampará-los, o que inclusive está sendo providenciado.

Desta forma, esta Instituição se solidarializa com a família e pessoas cujos direitos foram desrespeitados, e ratifica que o nome do 14º BPM foi usado por interesses escusos e alheios, uma vez que o fato não se deu no batalhão e nem em horário de expediente, ocorrendo na vida privada de duas pessoas maiores e capazes.

Em tempo convidamos a sociedade santoantoniense e da Bahia a não permitir que fatos dessa natureza sejam disseminados, tolerados e aceitos. 14º BPM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo