ArtigoOpiniãoSlideValença

Com estradas intransitáveis, prefeito de Valença entrega a responsabilidade a São Pedro

Por: Leandro Almeida

Longe de nós estarmos blasfemando, mas Pedro, ele mesmo Pedro Simão, o pescador de homens, o que tem as chaves dos céus, que foi discípulo de Cristo, considerado primeiro papa da Igreja Católica, o responsável pela chuva, está na Terra, provavelmente exercendo o cargo de secretário de infraestrutura na prefeitura de Valença, região da Costa do Dendê, no interior da Bahia.

Na sexta-feira (4), o prefeito de Valença, Jairo Batista, do Progressista foi até uma rádio da cidade , e quando questionado pela repórter Preta Passos, sobre a zona rural, que cobra melhorias das estradas vicinais, o gestor transferiu as suas responsabilidades para o Santo, ao responder a seguinte pergunta: “tem pai de aluno querendo saber aqui, as aulas começando, a responsabilidade pela segurança dos alunos, fica a cargo de quem? Já que as estradas estão intransitáveis.” Instantaneamente o prefeito responde: “São Pedro”.

Quando bateu na porta do eleitor em 2020, evidenciando os problemas e apresentando possíveis soluções, por certo Batista não pensou em nomear o Santo para o cargo, mas quando a incompetência, inoperância, prevaricação e a inércia imperam, o gestor se dá ao luxo de tamanha falta de respeito com o homem do campo e com os estudantes.

O valenciano escolhe mal seus representantes, a eleição parece ser decidida entre os piores, numa cidade rica e turística, mas que não tem tido êxito com os que a governam.

Se as estradas estão em péssimo estado de conservação é por falta de planejamento, o progressista já está no cargo há um ano e dois meses, é evidente que o tempo não é suficiente para resolver tudo, mas a impressão que a população tem é que não está se resolvendo nada!

Se Pedro tivesse mandando chuva, há 426 dias de mandato, ele não seria o responsável pela solução do problema, era melhor chamar Noé, pois o dilúvio já teria acontecido.

Se um homem que esteve na terra há mais de 2000 anos governa, então o melhor para Jairo é renunciar ao cargo de chefe do executivo, ou no mínimo repensar quanto aos seus secretários, Valença vai mal, mais uma vez vai mal, mas com certeza ao ser questionado sobre a fala, ele deverá dizer que estava brincando. BRINCANDO…

Leandro Almeida é jornalista, radialista, é formado em gestão pública e especializado em políticas públicas e direitos sociais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo