Esportes

Com dois gols de Emerson, Corinthians derrota o Boca e se consagra campeão da Libertadores

O dia 4 de julho de 2012 ficará marcado para sempre na história do Corinthians. Após 10 participações na Taça Libertadores, o tão esperado título chegou. O alvinegro conquistou a América do Sul nesta quarta-feira, no Pacaembu, ao derrotar o Boca Juniors por 2 a 0 com dois gol de Emerson Sheik.  Com a conquista, o Timão dá ao Brasil o 16º título da competição continental e se torna o nono campeão brasileiro.
O torcedor corintiano precisou esperar os primeiros 45 minutos iniciais para soltar o grito de gol. Na primeira etapa, o que se viu foi um jogo sem grandes chances de gols, com um Corinthians afobado e os visitantes um pouco melhor. No entanto, a festa começou aos 8 minutos do segundo tempo. Após cobrança de falta de Alex, Danilo tocou de calcanhar para Emerson Sheik fazer o gol que fez o Pacaembu explodir de alegria. 
Após o gol, o Boca sentiu a pressão e, sem o brilho do craque Riquelme, pouco assustou o goleiro Cássio. Para piorar a situação dos argentinos e aumentar a felicidade dos corintianos, Emerson Sheik ampliou o placar aos 27 minutos. Schiavi errou passe no meio e a bola sobrou para o atacante corintiano mandar pro gol na saída de Sosa. Depois disso, restou ao jogadores do Corinthians aguentar as provocações argentinas e segurar o placar e aos torcedores, soltarem o grito de “É campeão!”. 
 O Corinthians chegou ao título da Libertadores sem perder nenhum jogo na competição e tendo a defesa menos vazada. O alvinegro tirou o Vasco nas quartas de final, com um gol no último minuto, e o badalado Santos de Neymar e Ganso, nas semifinais. No primeiro jogo da final, na Bombonera, em Buenos Aires, a estrela de Romarinho brilhou e o Timão saiu da Argentina com um empate em 1 a 1, precisando apenas de uma vitória diante de sua torcida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo