Educação

Colégios estaduais seguirão protocolos com foco na segurança da comunidade escolar

As escolas da rede estadual de ensino seguirão um protocolo sanitário para a segunda fase do ano letivo continuum 2020/221, iniciado no dia 15 de março, e que passará para o híbrido, no dia 26 de julho. Para garantir a segurança dos estudantes e de toda a comunidade escolar, diversos procedimentos serão adotados, como aferição da temperatura, uso obrigatório de máscaras e distanciamento de 1,5 metros entre as pessoas. Investimentos foram feitos para a disponibilização de álcool em gel 70%; instalação de pias e lavabos para a higienização das mãos; e colocação de tapetes sanitizantes, dentre outros medidas. Os protocolos estão disponíveis no Portal da Educação, no link: https://bit.ly/3hEveuj

O secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, explicou sobre as aulas no formato híbrido. “Neste novo momento, o estudante vai ter três dias na escola e três dias em casa. A escola vai informar aos estudantes o calendário dos dias alternados. Além da adequação das escolas com os protocolos sanitários, também disponibilizaremos máscaras para os educadores, trabalhadores e estudantes e mais uma farda para os estudantes nesta nova fase de aulas, para que tudo ocorra com responsabilidade e a segurança devida”.  

O diretor do Colégio Estadual Manoel Devoto, em Salvador, falou das adequações realizadas na unidade. “Desde 2020, a gente vem fazendo melhorais internas no ambiente escolar, a exemplo de instalação de pias, dispensers de álcool em gel 70%, marcações nos espaços com plotagem e fitas no chão. Já estamos preparados para a fase do ensino híbrido e discutimos com o colegiado escolar qual o melhor caminho para atuarmos no cotidiano para recebermos os nossos alunos com segurança”. 

Diálogo – Durante todo este tempo de pandemia, a SEC também buscou o diálogo com os diversos sujeitos da Educação, a exemplo dos estudantes; da UPB, UNDIME, UNCME, APLB; de sindicatos; dos fóruns de Educação; do Instituto de Educação Superior; e dos órgãos de controle, iniciativa que vem sendo fomentada, ainda mais, nestes dias que antecedem o início das atividades semipresenciais na rede estadual de ensino.  Nesta quarta-feira (14), por exemplo, a Secretaria promoveu um encontro com a UPB, UNCME e UNDIME sobre a questão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo