GeralNotícias

Coité: Hospital sai do comando do município e volta a ser fechado

HOSPITAL - COITÉA Santa Casa de Misericórdia de Conceição do Coité conseguiu retomar o comando do Hospital Almir Passos, que esteve no comando da prefeitura, após decisão obtida através de liminar junto ao Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA). Em 26 de março, o juiz local Gerivaldo Neiva havia transferido o comando da unidade de saúde para a administração municipal, já que o hospital estava fechado desde a eleição do ano passado. A decisão contou com o apoio do Ministério Público Estadual (MPE). “Nós já havíamos reaberto o hospital, que estava funcionando como policlínica, atendendo a população em especialidades como cardiologia e fisioterapia. A gente já estava preparando um plano para a reabertura plena do hospital quando fomos surpreendidos por essa decisão”, avaliou o prefeito Francisco de Assis (PT). De acordo com o gestor, os responsáveis pela unidade são ligados ao grupo político de oposição ao seu governo. Segundo ele, há uma “cláusula esdrúxula” no contrato que determina se o termo de cessão à Santa Casa for questionado, a unidade médica passar a ser automaticamente doada à entidade. Há dois anos, o hospital foi fechado durante nove meses por determinação da Secretaria Estadual de Saúde, que detectou inúmeras irregularidades no funcionamento. O processo ainda tramitando no fórum de Coité e será julgado no mérito. O prefeito prometeu ingressar com um recurso também junto ao TJ-BA para tentar derrubar a liminar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo