Cotidiano

Clarissa Garotinho pressiona médico para evitar a prisão do pai

Filha do ex-governador tentou coagir médico.

Em uma tentativa desesperada, a deputada federal Clarissa Garotinho tenta arrumar um “jeitinho” de evitar que seu pai, o ex-governador do Rio de Janeiro Anthony Garotinho preso nesta quarta-feira, seja transferido do Hospital Municipal Souza Aguiar, no Centro do Rio, para o Hospital Penitenciário de Bangu. Garotinho foi para o hospital após ter um pico de pressão alta na carceragem da Polícia Federal na tarde desta quarta.
Conversando ao celular com outra pessoa, Clarissa aborda o médico e dá ordens: “Mande um questionamento formal perguntando se eles (o Hospital Penitenciário de Bangu) têm condição de receber um paciente na unidade coronariana.” O médico é colocado contra a parede por Clarissa que pede insistentemente para que ele mande um e-mail para a coordenadora do hospital penitenciário. “Como é que eu vou saber disso, minha querida”, responde o médico.
A ordem de transferência foi dada pelo juiz Glaucenir Silva de Oliveira, da 100.º Zona Eleitoral do Rio de Janeiro, em Campos dos Goytacazes, no norte fluminense, que já havia emitido a ordem de prisão preventiva nesta quarta.

(Veja – Com Renato Onofre)

Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar