Geral

Chile libera injeção da CoronaVac para crianças a partir de 6 anos

Crianças e adolescentes de 6 a 17 anos terão de tomar a CoronaVac. É o que decidiu o Instituto de Saúde Pública do Chile (ISP), na segunda-feira 6. Vinculado ao Ministério da Saúde daquele país, o órgão reuniu técnicos para participarem de uma avaliação, baseada em um estudo chinês feito com mais de 500 crianças e adolescentes de 3 a 17 anos. O levantamento estrangeiro teria identificado a produção de anticorpos contra o novo coronavírus nos jovens.

Em nota, o ISP informou que a aplicação a partir de 6 anos foi escolhida porque os “dados existentes garantem uma boa resposta imune à vacina”. Também foi destacado que o imunizante teria um “bom perfil de segurança”. A decisão de injetar o produto em crianças se deu pela chegada da variante Delta, comunicou o ISP.

Atualmente, a CoronaVac está aprovada para uso de emergência em crianças na Indonésia e na China. O imunizante tem 50,3% de eficácia.

Revista Oeste

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo