Notícias

Chefe de gabinete da Presidência articulou reunião com Jaques Wagner, aponta PF

Relatório da Polícia Federal relata que Rosemary Novoa de Noronha, chefe de gabinete da Presidência em São Paulo demitida após da Operação Porto Seguro, usava seu cargo para ajudar empresários a agendar reuniões com ministros e governadores. Ela teria intermediado um encontro para pessoas ligadas a Paulo Vieira, então diretor-geral da Agência Nacional de Águas (ANA), preso na operação, com autoridades públicas, como “agendamento de reunião do governador da Bahia, Jaques Wagner, para Alípio Gusmão e Cesar Floriano”. Paulo foi preso junto com seu irmão, Rubens Carlos Vieira, que também foi afastado do cargo de diretor de Infraestrutura da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).  Eles são acusados de liderar o esquema, para cooptar servidores e beneficiar empresas junto a órgãos federais. Também de acordo com a PF, Rosemary usou sua influência para que Rubens fosse nomeado diretor da Anac. Informações de O Globo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo