Mutuípe

Casos de leishmaniose e infestação de verminose é fruto de descaso de outras gestões, denuncia Secretaria de Saúde de Mutuípe

Um estudo epidemiológico nas principais regiões rurais de Mutuípe tem revelado dados impressionantes.  Inúmeros casos de leishmaniose e, além do difícil acesso a água para consumo humano, os levantamentos iniciais mostram que existe também uma infestação de verminose na população em função da ausência de tratamento da água. Legado de um total abandono nos últimos 16 anos”, disse o secretário de saúde André Eloy, após pela terceira vez, a equipe da gestão da saúde visitar o chamado “fundo do município”, nas unidades de saúde de Água Fria, Água Branca, Muquiba, que compõem a Estratégia de Saúde da Família da Comunidade das Duas Barras. Um percurso de cerca de 75 quilômetros, saindo da sede do município. “Estamos desprecarizando a assistência na região. Vamos ampliar a equipe, humanizar e qualificar o atendimento. Antes essas comunidades tinham apenas atendimento médico uma vez ao mês. E é determinação de nosso prefeito Digão não medir esforços para combater esta negativa realidade em nosso município” destacou o secretário.

Durante os últimos 50 dias o trabalho na Secretaria de Saúde de Mutuípe foi intenso. Já nos primeiros cinco dias de governo todas as unidades de saúde da família já estavam em pleno funcionamento com suas respectivas equipes completas.

Na foto, parte da equipe acolhendo um recém-nascido que estava na unidade da Água Fria fazendo o teste do pezinho e a imunização.

Prestando Contas

O Secretário de Saúde André Eloy usou a Tribuna Livre da Câmara, na sessão desta segunda-feira, 20, para fazer uma balanço na área de saúde nestes 50 dias da Gestão do prefeito Digão e Roque Ramos. Durante a fala de 11 minutos, o secretário destacou os avanços obtidos já nos primeiros dias de governo. “O saldo, fruto de um trabalho intenso de toda a equipe,  é muito positivo. Foram várias ações implementadas pela gestão do Prefeito Digão, entre elas a ampliação do atendimento na Unidade de Saúde da Família da comunidade das Duas Barras e a regularuzação na Unidade de Santo Antonio, que não tinha médico, segundo o Ministério da Saúde, há pelo menos um ano”

destacou Eloy.

O Secretário aproveitou para esclarecer sobre a contratação da Associação de Profissionais Médicos de Ubaíra, feita em regime emergencial por 90 dias. De acordo com o Secretário, a instituição atendeu aos preceitos legais, estando com toda a documentação regularizada e portanto apta para a prestação dos serviços essenciais para a população de Mutuípe. “Na verdade nós estamos contemplados, de forma legal, por uma  associação da região, já que antes, nas mesmas condições, o serviço era fornecido por uma empresa de Lauro de Freitas” esclareceu o Secretário Eloy. A presença  do Secretário de Saúde, na Tribuna Livre, na sessão desta segunda-feira na Câmara Vereadores de Mutuípe foi elogiada até pela oposição.

Etiquetas
Mostrar mais

Um Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar