Geral

Casos de câncer oral duplicaram devido à prática de sexo oral sem proteção

CAMISINHA - SEXO ORALPessoas com idade entre 30 e 44 anos apresentaram o dobro de casos de câncer oral na década de 2001 a 2010, em comparação à década de 1991 a 2000. Segundo a colunista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo, há um número maior de casos entre homens, que saltou de 4 para 10 a cada 100 mil, enquanto o aumento foi de 2 para 5 entre as mulheres.

Os dados foram coletados por um estudo da epidemiologista Maria Paula Curado, do A.C. Camargo Cancer Center, de São Paulo, e serão apresentados durante o Congresso Mundial da Academia Internacional de Câncer Oral.

Especialistas afirmam que os atuais números estão relacionados à prática de sexo oral sem proteção, o que favorece a instalação do vírus HPV na cavidade oral. No passado, a maior parte dos casos estava ligada ao consumo de álcool e tabaco.

Etiquetas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar