Geral

Caso Nakashima: Mizael é condenado a 20 anos de prisão

MIZAEL BISPOO policial reformado Mizael Bispo de Souza foi condenado pela morte da sua ex-namorada, Mércia Nakashima, a 20 anos de prisão. O juiz Leandro Cano leu a sentença às 17h23 desta quinta-feira (14). O magistrado afirmou que o réu demonstrou “insensibilidade”, conduta “desprezível” e “repugnante”. Cano criticou a frieza com que o crime foi executado, já que Mércia foi jogada ainda viva em uma represa, mesmo depois de ter levado dois tiros. Contaram como agravantes da pena o “motivo torpe do assassinato” e as “declarações inverídicas do réu”. “Não dá para admitir que um cidadão esteja perante um agente do Estado e possa mentir livremente”, diz a sentença do juiz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo