GeralNotíciasSlide

Caso de meningite viral é registrado em Serra Grande

MeningiteApós o município de Mutuípe registrar um caso de meningite meningocócica que infelizmente provocou a morte do jovem Igor de Santos de Jesus 18 anos, um novo caso apareceu na região de Serra Grande pertencente ao município de Valença.

O paciente,  foi levada na tarde de quinta (25), ao Hospital Clélia Chaves Rebouças em Mutuípe e diante da suspeita da doença foi encaminhado a Salvador para o Hospital Couto Maia.

Na manha desta sexta (26) o Almeida Notícias entrou em contato com a vigilância epidemiológica de Mutuípe fomos informados que após testes, o paciente foi diagnosticada com Meningite Viral, um tipo menos agressivo da doença.

O caso pertence a Valença mais devido à proximidade com o município  e o grande fluxo de pessoas para a cidade de Mutuípe a vigilância acompanha o caso e já trabalha para em caso de necessidade fazer um trabalho de prevenção na área.

Novos exames também estão sendo feitos no paciente.

A vigilância ainda informou que o caso registrado em Mutuípe que culminou com o falecimento de Igor, não oferece perigo a população devido ao período de observação já ter se findado e novos casos não terem sido registrados.

A meningite viral é contagiosa, podendo ser transmitida de um indivíduo para o outro das seguintes formas:
  • Partilhar copos, pratos e talheres; 
    Curtir
    Curtir
  • Tosse;
  • Espirro;
  • Partículas de saliva soltas no ar;
  • Partilha de alimentos ou bebidas;
  • Contatos íntimos (beijo);
  • Contato com as fezes do indivíduo contaminado.

A meningite é uma doença de fácil transmissão e para evitar o contágio deve-se manter alguma distância do indivíduo contaminado, não partilhar alimentos, bebidas e evitar o contato físico direto, sendo que o isolamento do paciente com meningite viral não é necessário, embora seja importante evitar locais fechados e aumentar a frequência de lavagem de mãos evitando contatos diretos com secreções do paciente.

Transmissão da meningite viral

A transmissão da meningite viral dá-se através das vias respiratórias, contato oral-fecal e oral-oral, evitar todos estes tipos de contato é fundamental para garantir a sua integridade física.

Sinais e sintomas da meningite viral

O indivíduo pode suspeitar estar contaminado com a meningite viral caso tenha tido contato com um indivíduo infectado com a doença, e caso apresente sintomas como fortes dores de cabeça, febre e vômito. Neste caso, ele deve dirigir-se ao hospital para realizar o exame físico e, se necessário o exame do líquor para diagnosticar a doença.

Se ele for diagnosticado com a meningite viral, deve-se iniciar a toma de medicamentos de suporte como os para diminuir as dores, febre e enjôo. Não é necessário tomar antibióticos e raramente será preciso ficar internado.

Referência Bibliográfica

CENTRO DE VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA “PROF. ALEXANDRE VRANJAC”.

Etiquetas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar