Cotidiano

Carlos Bolsonaro foi orientado por advogados a sair das redes sociais, diz coluna

A saída de Carlos Bolsonaro, filho do presidente Jair Bolsonaro, das redes sociais não foi só resultado de motivações pessoais.

Segundo o colunista Guilherme Amado, da revista Época, Carlos foi orientado por advogados que era melhor estar fora das redes em função de sua possível convocação na CPI das Fake News.

Ele é um dos defensores mais ferrenhos do pai e administra as contas do presidente no Twitter e Facebook.

Além disso, Carlos ouviu reclamações do próprio Bolsonaro por ter publicado em suas redes sociais críticas a decisões do Supremo Tribunal Federal (STF).

Bahia.ba

Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar