Cotidiano

Carlos Bolsonaro diz que Globo ‘posa de vítima’ e ‘demonizou quem não podia parar de trabalhar’

O vereador do Rio de Janeiro (RJ) Carlos Bolsonaro (PSC) teceu críticas a um vídeo publicado nas redes sociais do Jornal Nacional. Nas imagens, o perfil mostra a equipe do programa e afirma que não parou de trabalhar durante a pandemia. 

Carlos aponta uma suposta hipocrisia por parte da Rede Globo, que veicula o JN, por ter “demonizado pessoas comuns que, por necessidade, não podiam parar de trabalhar”. 

“‘O Choro é livre’, lembra Globo?”, escreveu ele, em referência ao episódio em que a apresentadora Maju Coutinho proferiu a frase direcionada a quem discordava das medidas restritivas contra o coronavírus adotadas em Estados e municípios. 

Bnews

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo