Cidades

Cargos federais na Bahia serão definidos por Michel Temer

MICHEL TEMMEROs deputados federais baianos estão com suas indicações para cargos em órgãos federais na Bahia nas mãos do peemedebista Michel Temer, vice-presidente da República e articulador político da presidente Dilma Rousseff (PT).Embora a bancada baiana tenha solicitado uma intervenção do governo da Bahia na distribuição dos cargos, o secretário de Relações Institucionais do Estado, Josias Gomes, diz que a palavra final é com o chefe do Palácio do Jaburu.Existem pelo menos 26 extensões de órgãos federais na Bahia em disputa pelos parlamentares baianos.

As reivindicações surgem tanto dos deputados e senadores, como das direções partidárias. A Tribuna teve acesso aos principais apelos que Temer tem a missão de receber, avaliar e, se for o caso, conceder.

Como a divisão dos cargos leva em consideração, na maioria das vezes, o comando do ministério em Brasília, é possível ver, por exemplo, o PMDB comandando ou reivindicando cargos do governo federal na Bahia, onde o partido é oposição e é dirigido pelo ex-ministro da Integração Nacional Geddel Vieira Lima.A superintendente regional do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Virgínia Hagge, é indicação do PMDB, sendo que nacionalmente a pasta pertence à senadora peemedebista Kátia Abreu.

O chefe da Superintendência Regional do Trabalho é Severiano Alves, que tem sua permanência defendida pelo PDT, que por sua vez comanda o Ministério do Trabalho com Manoel Dias.

O Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte (Dnit), ligado ao Ministério dos Transportes, é feudo do PR e é setor reivindicado pelo deputado federal José Rocha.A delegacia do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) é ocupada pelo técnico indicado do deputado Afonso Florence, Welliton Resende Hassegawa, sendo que nacionalmente o ministério é ocupado pelo petista Patrus Ananias. (Política Livre)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar